Prontomed Infantil

Tamanho da fonte: a- A+

Publicado em: 04/10/2006

A que idade deve uma criança começar a falar?

Ao nascer as crianças se comunicam através do choro. A partir dali a linguagem acompanha as etapas do crescimento.

À medida que se desenvolvem, os bebês emitem diferentes tipos de sons e ruídos que contêm uma riqueza sonora superior à dos adultos. Com o tempo começam a produzir sons de vocais e sílabas, que em seguida começam a se replicar, e por volta dos seis meses aparecem balbucios. Isto faz com que muitos pais tomem tais sons como a aparição da primeira palavra à esta idade, quando na verdade se trata de sons sem significado. Para que uma emissão adquira valor de palavra deve contar com significado, designar um objeto (pessoa ou coisa) da realidade. Na verdade, a primeira palavra com sentido surge entre os 11 e s 14 meses de vida.

Quando preocupar-se se a criança não fala?

Se tivermos em conta que na idade de 1 ano, 1 ano e meio, a criança possui uma linguagem que a permite comunicar-se, tem-se que estar atento se ocorre que uma criança de 2 anos, 2 anos e meio, não fala. A esta idade elas já dominam formas gramaticais essenciais, isto é, sabem que as palavras se organizam de uma determinada maneira.

Com relação às causas deste eventual atraso do desenvolvimento verbal, a avaliação da pediatra com respeito à criança com alguma perturbação da linguagem determinará se há ou não necessidade de que ela seja vista por um otorrino para descartar alguma enfermidade auditiva.

Também tem-se que levar em conta os fatores psicológicos. A superexigência materna, a falta de estímulos verbais ou situações traumáticas (a morte de um familiar próximo, o nascimento de um irmão, a separação dos pais) podem ser fatores desencadeantes que determinam que a criança se isole, se retraia e sua linguagem se altere.

A linguagem favorece a possibilidade de comunicar-se e sociabilizar-se. As crianças aprendem palavras a partir de seus pais e de outras pessoas que estão em volta. Como em todo processo, não há receitas mágicas. Não devemos esquecer que é importante falar-se com os bebês com uma pronúncia clara, dando-lhes tempo para que assimilem, ou repitam aquele som através do balbucio.
 
Conselhos para guardar
 
1. Falar com o bebê - durante o banho, a troca de roupas,a alimentação, dizendo-lhe, por exemplo, os nomes das partes de seu corpo que estão sendo tocadas. Procurar sempre denominar as coisas que estão à sua vista pelo nome correto.

2. Falar claro: não existe uma língua para bebês e outra para adultos. Por exemplo, dizer-lhe: "vamos tomar o mingau", e não "dá, dá gagau".

3. Demonstrar que cada objeto tem seu nome e significado.

4. Não falar na 3ª pessoa, por exemplo, dizer "me dá um beijo ?", e não "dá um beijo na mamãe ?".

5. Aceitar os gestos e mímicas como formas de expressão e de intenção, não exigindo só a palavra expressa.

6. Não ficar solicitando que a criança repita uma palavra que aprendeu porque você que demonstrar aos outros que ela acaba de aprender uma nova palavra. Aja com naturalidade a cada descoberta de uma nova aquisição verbal percebida.

7. Não canse a criança: há momentos em que, simplesmente, ela não está afim de falar.

8. Evite corrigí-la. Se ela pronunciou de modo errado uma palavra, repita-a com discrição, sem alarde, de modo correto. Por exemplo, se pede "aba", diga-lhe "tomar água ?", pronunciado de modo calmo e pausado.

9. Quando a criança estiver contando algo, trate de somente ouvir, não interrompendo para corrigí-la ou tentando colocar "palavras em sua boca". Deixe-o construir livre e tranquilamente seu universo verbal.
 
Por Liliana Carbello [lcarbello@clarin.com
EdiçãoJ.C./P.J.
04.10.06


[x] Fechar






[x] Fechar





Comentários

  • Anne disse: Gostei muito de suas explicações a respeito do desenvolvimento infantil. No entanto, estou com um caso de crianças gêmeas que não articulam as palavras e já estão com 3 anos e meio. Elas compreendem tudo,mas só exprimem as primeiras silábas e as vezes uma das gêmeas se confundem na sua própria identidade. É um caso novo, só tive uma sessão com as mesmas e já estou construindo a hipótese diagnóstica, apesar de poucos dados sobre as mesmas.

  • Aline disse: Muito boa essa materia, apesar que eu estou tendo dificuldades com meu filho que está com 2 anos e quatro meses , ele ele compreende tudo mas é falar muito pouco.

  • ana disse: Gostei muito de suas explicações a respeito do desenvolvimento infantil. No entanto, o meu filho ja tem 2 anos e meio dis algumas palavras mas consegue faser frases e as palavras que dis sao poucas como alguns nomes pequenos, as veses parece que ta a falar comigo mas a maneira dele parece chines e tento perceber se ele me entende mas nao consigo se lhe digo para ou nao ele para mas quando lhe digo vamos para a mesa ou faser chichi coisas assim nao reaje fica a olhar para mim nao sei que mais fazer para tentar ajudalo a entender as coisas e a que ele fale ....gostaria de saber se devo procurar ajuda medica ? ou se e naomal na criança ?

  • Indira disse: MUITO BOM ...ME DEU UM ALIVIO COM RELAÇAO AO MEU FILHO ....Estamos no caminho certo...... bjs

  • Silvia disse: Muito boa essa matéria. Minha filha Sarah tem 1 ano e 3 mesese fala de tudo. fala muito correta as palavras, hoje ela aprendeu boa tarde, fala boa noite ... Papai, mamãe, chama até nosso cachorro pelo nome, tevez ela fala tedes ... A pediatra disse que ela é muito desenvolvida para a idade ... Ela já formula frases. como papai sumiu ... Fala vestido, papato que é sapato. Procuro falar correto com ela. Sem ficar falando igual bebe ...

  • Paulo disse: Meu filho Davi,falou sua perimira palavra aos 5 meses de idade "dida" (dinda) e ficou nisso até os 8 meses de idade dai para cá ele começou a falar palavras difíceis, tais como por favor,boa tarde,cachorro,passarinho,batata,feijão,gostoso, príncipe,cabelo,cade,caiu,papai, mamãe entre outras.Hoje com um ano e três meses ele fala quase todas as palavras como cortina,luz,liga ar condicionado,corredor entre outras,claro que algumas palavras não fala corretamente mas a maioria sim eu gostaria de saber se é normal uma criança com essa idade falar tantas palavras e na maioria delas com clareza sabendo o significado da maioria das palavras que ele fala.Ex: ver alguém com guada chuva ele pergunta,vai chover?

  • BRUNELA DE ANGELI VENTURIM POMAROLLI disse: O MEU FILHO LORENZO TEM 2 ANOS E 5 MESES, FALA MUITO POUCO E EU TENTO ESTIMULA-LO BEM PARA AJUDAR. ACHO QUE NÃO ESTOU FAZENDO O CERTO, PORQUE TODA MÃE ACHA QUE A CULPA DE TUDO É DELA. EU SEMPRE ACHO QUE A CULPA É TODA MINHA. PRECISO QUE ME AJUDEM. OBRIGADA. MAS O MEU FILHO ENTENDE TUDO O QUE EU FALO OU PEÇO A ELE, É MUITO INTELIGENTE, BASTA VER ALGUEM FAZER ALGO UM VEZ SÓ E JÁ FAZ IGUALZINHO. ELE SÓ FALA POUCO. DE UNS DIAS PRA TRÁS COMEÇOU A FALAR UMA SÍLABA DAS PALAVRAS QUE A GENTE FALA. POR EXEMPLO: A GENTE VAI DEITAR, ELE FALOU: DETA. E ASSIM POR DIANTE.

  • vania disse: MINHA FILHA TEM 1 ANO E QUATRO MESES E JÁ FALA DE TUDO, ELA PEDE AS COISAS QUANDO ELA QUER COMER A FRUTA QUE ELA QUER ETC. MAS DESDE DE BEBE EU CONVERSO MUITO COM ELA, AGORA NA HORA DO BANHO ELA PEGA O SHAMPOO E O CONDICIONADOR DELA E FALA DOIS ELA QUER MOSTRAR QUE ESTA COM DOIS OBJETOS NA MÃO DELA AI EU ESTOU COMEÇANDO MOSTRAR ELA AS CORES EX: O VESTIDO DA ANA CLARA É ROSA O DA MAMÃE NÃO É. EU ACHA ELA MUITO INTELIGENTE ELA NÃO TEM DIFICULDADES RE REPETIR UMA PALAVRA ELA OUVE E NA MESMA HORA REPETE.

  • thiago disse: meu filho tem 2 anos e um mês e só fala mamãe; ate eu ele chama de mamãe,não sei oque acontece achamos que não estamos faz sendo a coisa certa,ele entende tudo que que falamos mais não fala só se comunica por gesto queria obter alguma ajuda porque ja estamos ficando preocupado.

  • vania disse: oi,eu tenho um filho q tem 1 ano de idade,e ele ainda nao fala nada,ele so fala aquelas linguagem q so eles entendir,isso é normal?

  • LUANA DO NASCIMENTO disse: oi boa tarde meu filho tem 1 e 4 meses e ele ainda nao fala nada ....

  • LUANA DO NASCIMENTO disse: oi boa tarde meu filho tem 1 e 4 meses e ele ainda nao fala nada ....

  • Aline Laus disse: Confesso que estou preocupada com minha filha ainda não falar ela tem 1 ano e 5 meses e só fala de vez em quando pai, mae,au au que é cachorro mas é só tento incentivar ela mas nada........

  • Eddie disse: Meu sobrinho tá me preocupando. O garoto já tem 3 anos e só grunhe e aponta. Eu já disse para os pais dele para levar no médico para ver se tem algo errado e eles não querem. Dizem que é normal e que quando eles eram bebês, foi assim também. Eu não sou pai nem nada, mas fico meio preocupado.

  • FABIANE disse: MEU FILHO FEZ 2 ANOS DIA 20/01/2014 E NÃO FALA QUASE NADA TUDO QUE ELE QUER FALAR ELE PRONUNCIA POR GESTOS,CONTA TUDO OQ ACONTECE SÓ QUE APENAS POR GESTOS, ONTEM LEVEI ELE AO PEDIATRA POR CAUSA DE UMAS PICADAS QUE ELE LEVOU, AI A PEDIATRA PEDIU PRA MIM PROCURAR UMA FONO URGENTE, ALGUNS FALAM QUE É NORMAL A CRIANÇA NãO FALAR ATE TRÊS ANOS, MAIS ESTOU MUITO PREOCUPADA.VOU MARCAR A CONSULTA COM A FONOAUDIÓLOGA PRA VER O QUE ELA FALA É SEMPRE BOM A OPINIÃO DE UM ESPECIALISTA...

  • Alessandra Isabelle Almeida Gonçalves disse: Olá! Meu filho tem 1 ano e 8 meses.. Ainda não fala nem Mamãe, fala tudo muito enrolado parecendo um inglês. Mas agora fiquei um pouco mais aliviada com as explicações acima e também com os comentários dos outros Pais!


Rir é o Remédio